Uma terapia pouco convencional para bebês tem chamado a atenção e, é claro, levantado polêmica. Com o argumento de que a atividade garante melhora no desenvolvimento muscular dos pequenos, a russa Lena Fokina, de 51 anos, que é professora de Educação Física, segura os bebês, muitas vezes por um só membro, e os balança livremente no ar. São giros e cambalhotas que duram até cinco minutos e podem assustar quem assiste à cena. Mas Lena garante: "Alguns bebês choram, mas depois eles começam a se divertir. Não é perigoso", como publicou o site inglês “The Sun”.


 
 
Priston Tale Imperial
www.imperialpt.com
Leia também:
Sua opinião: