Por favor, aguarde enquanto preparamos sugestões de leitura para você...
Sua opinião:
comentou em 21/07/2012 08:48
Todo o voto é e deve ser dado por interesse pessoal.
Não de forma imediata, como brindes e presentes, dinheiro ou alimento, mas devemos ver no candidato nosso representante, aquele que defenderá o nosso interesse, beneficiando-nos pessoalmente e à classe ou grupo social ao qual pertencemos.
Defendamos nossos interesses sem nos iludir com "presentinhos" de ocasião.
respondeu em 21/07/2012 17:41
Pensar no coletivo é pensar em nós mesmos.

A "política" que privilegia apenas um - ou meia dúzia - acaba se tornando veneno para o beneficiado, isso porque o benefício rapidamente se acaba. Não há como viver bem em meio a uma sociedade insatisfeita, faminta e doente.

Daí as mazelas existentes no nosso país. A violência urbana, por exemplo, não surge ao acaso. Ela é fruto das políticas fisiologistas que beneficiam meia dúzia enquanto milhões vivem à míngua.

Por causa disso, atualmente até mesmo os políticos corruptos vivem enjaulados no próprio lar.

No outro lado estão aqueles que se venderam, muitas vezes a troco de ninharia, e que agora sofrem pelo descaso dos que ajudaram a colocar no "poder".

É o preço que se paga pelo ato egoísta da venda do voto.

Obrigado, Erick, pela sua participação!

Abraços, amigo...