Por favor, aguarde enquanto preparamos sugestões de leitura para você...

Blogs com notícias similares:

Atualizado 31 minutos atrás.

Por João em Opinião e Notícias desde 23/09/2014

http://serradatapuianoticias.dihitt.com Serra da Tapuia Notícias

Notícias do cotidiano.

Atualizado 1 hora atrás.

Por Patricio em Blogosfera desde 25/07/2012

http://patricionunes44.dihitt.com Blog do Patricio Nunes

Este blog tem por finalidade postar matérias sobre segurança pública curiosidade esporte politica Religião utilidade publica e qualquer coisa legal que chame a atenção do leitor data de fundação do Blog 04 06 2011,

Ranking 1190º

Atualizado 17 dias atrás.

Por Rafael em Negócios & Marketing desde 03/09/2013

http://digitalstorelizard.dihitt.com Digital Marketing Lizard

Este espaço serve de veículo e objeto que consiste em tornar pública, notícias, ofertas, representação de produtos, soluções e serviços independentes.

Sua opinião:
comentou em 25/02/2011 09:50
Vera, sou muito sincera e vou confessar uma coisa. Comecei a ler o texto e parei. Apesar do meu pai ter falecido há 10 anos, não superei. Tenho lembranças muito fortes dele comigo. Foi alguém que Deus me deu de presente, e apesar de ter superado a perda, a cicatriz não fechou.
Muitas pessoas não sabem dar valor ao que tem em mãos e esperam perder um ente querido para acordar, e tarde demais. O que fica em troca são dores, lamentos e o desespero de não poder mais fazer nada para que se posso concertar erros passados.
(Um desabafo).
-
Desejo e espero que todos que ainda possuam pai e mãe, apesar dos defeitos deles, aproveitem amá-los enqto é tempo.
-
-
Beijos querida. Vou fazer nosso Meme e comentar o seu meme.
Já volto..=D
comentou em 06/03/2011 22:52
Olá Catia!
Quando recebi seu email,entendi perfeitamente que não tenha lido até o final. Você tem razão no que disse, a gente deve dar valor para quem está ao nosso lado, ou às pessoas que a gente ama, enquanto estão vivos. Eu postei esta carta, porque ele era nosso amigo e eu já tinha feito uma homenagem a ele. após uns dias,sua filha me enviou a carta e eu resolvi postá-la.
Quando uma pessoa que a gente ama se vai, é bom quando podemos pensar que fizemos o que foi possível ( e se houver mesmo uma vida e continuidade espiritual, como espero, esta pessoa certamente vai se comunicar conosco diretamente de coração a coração e nos compreenderá.)
Beijos, Vera.